Equipe do ‘Planeta Extremo’ estava no Nepal durante terremoto e relata desespero

Quem acompanhou a programação de TV durante o dia de ontem (25) viu os plantões a cerca de um terremoto que atingiu o Nepal, onde chegou a tremores de até 7.8 na escala Richter e provocou quase 2 mil mortos, como já noticiado aqui pelo FanWeb, e é o mais mortífero da região em 80 anos.

Porém, é de se assustar pois quem estava por lá no momento do acontecido era uma equipe do ‘Planeta Extremo’, programa exibido pela Globo nas noites de domingo e mostram os lugares mais temidos pelo público e as curiosidades aventureiras pelo mundo afora. Quando aqui era 03h11 da madrugada, a terra por lá era balançada e os repórteres estavam numa van viajando a caminho do interior, quando foram pegos de surpresa.

Em entrevista ao ‘JN’, Clayton Conservani que viu todo o desespero no momento do acontecido, ao lado de Carol Barcellos presenciou e relata. “Saímos da capital do Nepal hoje [ontem (25)] pela manhã. Duas horas depois sentimos a terra tremer, quando estávamos na estrada, a 100 km de distância, em direção a Pokhara. Dentro de um micro-ônibus, a nossa equipe demorou alguns segundos para perceber o que estava acontecendo […] De repente, o nosso guia começou a gritar e a gente não entendia o que estava acontecendo. Foi aí que ele falou ‘olha os postes, olha os postes’. Paramos, descemos da van e tudo tremia ao redor. Estávamos parado em cima de uma ponte e fiquei preocupado da estrutura desabar. Tivemos que abandonar o ônibus e correr o mais rápido que podíamos para fugirmos da área de risco. Gritos, desespero e muitos moradores fugindo de casa, correndo pela estrada, sem saber para onde. Vimos muitas casas despedaçadas“, disse Conservani que completa informando que a equipe de cinco profissionais está bem.

É assustador o fato em si, imagine por quem presenciou? (Imagem: Divulgação/Globo)

É assustador o fato em si, imagine por quem presenciou?
(Imagem: Divulgação/Globo)