Equipe do “Cidade Alerta” queixa-se da falta de recursos

20131129164204_2230_cidade_alerta_com_marcelo_rezende

De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, do jornal “O Globo”, os profissionais  que trabalham ao lado do apresentador Marcelo Rezende reclamam de sobrecarga, pois o “Cidade Alerta” tem apenas cinco editores, que trabalham de segunda a sexta para botar no ar as três horas de programa ao vivo. Isso sem contar com as edições de sábado do programa.
O clima é de insatisfação. A queixa geral nos bastidores do “Cidade Alerta” é de que o programa precisa de recursos. Verifica-se que são poucas as equipes de reportagem, o que acarretaria a “falta de aprofundamento” nas matérias.“Cidade Alerta” é uma das maiores audiências da Record.