Entenda a prisão por pensão alimentícia do ex-Menudo Roy Rosselló

Na manha desta quinta feira (25)o ex-Menudo Roy Rosselló foi preso por volta das 11h . Ele foi levado para uma delegacia em Itu (interior de São Paulo), cidade em que é gravado o reality show da Record. Rosselló foi preso por não pagar pensão alimentícia a um menino de 9 anos que teve com uma ex-mulher, identificada como Mirela.
O artista teve prisão decretada na última terça (23) em processo que corre em Campinas (interior de São Paulo). Ontem (24), dois oficiais de Justiça estiveram no confinamento de A Fazenda, em Itu, e notificaram o ex-Menudo. Mas essa notificação se refere a um novo processo por falta de pagamento de pensão alimentícia, movido por uma outra ex-mulher do cantor.
De acordo com o policial, o ex-Menudo foi preso por causa de um processo de pensão alimentícia que tramita desde 2010. Em 2011, Rosselló devia R$ 18.500 à mãe de um de seus cinco filhos. O delegado informou que ele só será liberado se houver um alvará de soltura expedido pela Justiça após o pagamento da dívida.

Advogados da Record estão negociando com a Justiça de São Paulo o pagamento da pensão alimentícia. A advogada do cantor entrou com um pedido de habeas corpus para que ele seja solto.

Atual mulher de Rosselló, Patrícia disse que R$ 42 mil foram pagos ontem, mas ainda faltam outros cerca de R$ 40 mil. De acordo com Patrícia, Rosselló não pagou a pensão alimentícia porque não tinha condições financeiras.