Engenheiro de Som chama álbum dos Beatles de “Um Monte de lixo”

Glyn Johns, famoso engenheiro de som, que ficou muito conhecido com a participação no último  disco da banda Beatles, “Let it Be” , lançado em 1970, mostrou uma insatisfação enorme com o álbum, e acabou o chamando de “um monte de lixo”.

Pelo que foi divulgado pelo site Ultimate Classic Rock, Jhons conta em seu novo livro “Sound Man”, que foi convidado a participar do disco, e que uma das condições impostas, era que ele trabalhasse com George Martin (“O quinto Beatle”). Glyn revela no livro, que ficou muito decepcionado que John Lennon entregou o projeto para o conhecido produtor Phil Spector.

the-beatles

Convidado a participar de “”Let It Be” mostra indignação com resultado final

 

“Eu fiquei desapontado por Lennon ter entregado o projeto para Spector e mais desapontado ainda com o que Spector fez com ele. Não tem nada a ver com os Beatles. ‘Let It Be’ é um monte de lixo”, revelou Jhons. “Eu nunca escutei o disco inteiro, apenas ouvi trechos de algumas canções e disse: ‘ah, esqueça’. Era ridículo, nojento”, revelou.

Segundo Jhons, o álbum deveria ser originalmente um som diferente, algo mais cru, algo que soasse como “The Basement Tapes”, do cantor Bob Dylan, para assim mostrar o que realmente a banda gostava.