Em sua coluna, Fábio Porchat chama de “censura” decisão do TRE

Depois de Danilo e Rafinha, Fábio porchat terá Talk Show (Foto:Divulgação)

Foto:Divulgação

O humorista Fábio Porchat criticou em sua coluna, no jornal O Estado de S. Paulo, a decisão da Justiça Eleitoral de tirar do ar dois dos vídeos do grupo “Porta dos Fundos”, do qual faz parte, no YouTube. Segundo ele, a medida é uma forma de “censura”.

“Se a comédia foi a forma que eu escolhi, a comédia tem que ser respeitada. As pessoas têm total discernimento para entender o que o vídeo quer dizer e podem concordar ou não. O nosso canal na internet é de humor e é reconhecido por isso. Os nossos esquetes são o nosso ponto de vista sobre determinado assunto. Não permitir que eu me expresse desse, ou de qualquer outro jeito, é censura. Ponto”, disse.

O “Porta dos Fundos” recorreu da decisão no Supremo Tribunal Federal (STF) e teve o pedido negado. O grupo, que também divulgou comunicado oficial na última sexta-feira (10) para criticar a decisão, alega que vai continuar trabalhando para trazer os vídeos de volta ao ar. Os títulos que causaram tanta polêmica são “Zona Eleitoral” e “Você me Conhece”.