Em entrevista, Marcelo Rezende diz que se arrepende por ter lançado Fabíola Gadelha de maneira precipitada

Durante entrevista ao programa ‘Pânico’ na rádio Jovem Pan FM, o âncora do ‘Cidade Alerta’ soltou fleches polêmicos, inclusive sobre as quedas na audiência do programa com o comando de Fabíola Gadelha.

Marcelo Rezende se auto-culpou e afirmou que perdeu três pontos de audiência no seu programa com o comando da jornalista intitulada carinhosamente como “rabo de arraia” pelo próprio, e disse que tudo tem que ser no tempo certo, e falou: “Ela é fantástica, mas eu não teria lançado ela com tanta precipitação“.

Ele também chegou a falar sobre o seu outro substituto nas férias, o Luiz Bacci, que saiu da Record e deixou Marcelo sem opção, e disse que ele liga três vezes por dia para pedir conselhos e conversar com seu amigo de longa data, mas, não deixou de comentar sobre o caso PCC x Gugu, onde falsos integrantes do grupo teriam sido contratados pelo ‘Domingo Legal’ para citar nomes de grandes jornalistas na época, inclusive o nome dele e afirmou:

“A vida não é para carregar rancor ou mágoa de alguém. Houve um processo judicial e o advogado dele se retratou, para mim já estava no zero a zero.”