Em entrevista, Mara Maravilha nega ser homofóbica

Mara Maravilha

Mara Maravilha prestigiou na noite desta quarta-feira, 20, em São Paulo, a gravação do DVD de 30 anos de carreira de Simony. Em conversa com a imprensa, a cantora falou da fama que tem de ser homofóbica e garantiu que tem muitos fãs gays.

“Sou lembrada na memória do público como uma pessoa que marcou a infância. E sempre passei mensagem de amor, esse é o meu forte. Eu tenho realmente um número de fãs homossexuais, bibas, gays, como falam, que são ‘mara’. Acho até que fui vítima, que quando você não é e te acusam de algo. Então, eu tiro de letra e faço do limão uma limonada”.

Em 2013, a cantora usou uma nota oficial para negar ser homofóbica após dizer durante participação em um programa de TV que pessoas do mesmo sexo se beijando são uma aberração. Ela também assumiu publicamente na ocasião ser uma admiradora do pastor Marcos Feliciano, que defende o projeto da “cura gay”.