“Ele é uma alma boa num ambiente de perdição”, diz Rômulo Neto sobre seu personagem em “Império’

Destinado a ser um mero gostosão, um michê aventureiro bem-dotado, Robertão (Rômulo Neto) mudou ao se apaixonar por Érika (Letícia Birkheuer) em “Império”. Mesmo involuntariamente, a fotógrafa ajudou a criar um retrato diferente do seu agora homem amado. Comprometido, ele concentrou sua saliência num só alvo e driblou a influência mesquinha dos pais, conquistando emprego, respeito e amor-próprio.

“Ele é uma alma boa num ambiente de perdição. É ingênuo, infantil, mas carinhoso, doce, e precisava estar em boas mãos. Não nega que tem defeito, mas quer melhorar. Érika surgiu na vida dele e trouxe à tona um monte de coisa bacanas”, afirma.

Em entrevista para o jornal Extra, Rômulo disse que achou que seu personagem seria apenas algo pequeno, sendo irmão de Maria Ísis (Maria Ruy Barbosa) e apenas isso: “Achei que ele seria só o irmão da Isis (Marina Ruy Barbosa) e ficaria no sofá a novela toda, com preguiça. Entrei nesse processo muito disponível e estou muito feliz com o resultado. Não esperava essa aceitação do público, estou surpreso”.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação