Dilma é pedida em casamento por uma mulher em comício

brasil-politica-eleicoes-dilma-rousseff-minas-gerais-baixa-20140913-002-size-598
Comício realizado por Dilma Rousseff em Nova Lima (MG), neste sábado aconteceu um dato inusitado a presidente recebeu uma proposta de casamento. De uma mulher. Enquanto falava sobre o combate à homofobia, a presidente notou uma jovem na plateia cuja voz se sobressaía: “Dilma, casa comigo”, gritava a militante, lançando mão de um método, digamos, ousado de declarar afeto à candidata. A presidente parou o discurso, disse que ficava “honrada” e gracejou: “Eu sou menor de idade, não posso casar ainda”. No comício, aliás, Dilma exibiu um look casual, coisa rara quando se trata da candidata-presidente. Em vez de usar os tradicionais terninhos, optou por uma composição de blaser vermelho com uma calça jeans e um tênis preto.

No fim da tarde deste sábado, Dilma participou de outro comício, dessa vez na Pampulha, na capital mineira. No palanque, além da petista, de Pimentel e de Josué Alencar, candidato ao Senado, estavam dezenas de jovens. Jeferson Monteiro, o responsável pela personagem Dilma Bolada, estava no palco. Ele recebeu um cumprimento especial da presidente. “Ele é que inventou o Rousselfie”, disse ela. Sorridente, Jeferson aplaudiu a petista diversas vezes durante o comício.

No discurso, a presidente repetiu as promessas que têm feito rotineiramente em seus pronunciamentos: pediu um plebiscito pela reforma política, defendeu o pré-sal como se algum candidato quisesse se desfazer do petróleo nacional, falou em criminalizar a homofobia e combater os assassinatos de jovens negros no país. Após o discurso, Dilma arriscou no funk e fez a “dança do passinho” ao lado de um grupo de jovens. (Gabriel Castro, de Nova Lima)