Derrota do Brasil provoca a ira de pessoas e comentaristas da TV

Seleção Brasileira perde de 5 a 0 no primeiro tempo na semifinal contra a Alemanha, com isso o ex-jogador comentarista da Globo, Walter Casagrande, detonou o time de Luiz Felipe Scolari e derramou-se em elogio aos alemães. “Galvão, quanto tempo de jogo temos?, perguntou. “Neste momento, Casagrande, nós temos 38 minutos”. E Casão disparou: “eles têm mais time que a gente, eles jogam melhor que a gente. Taticamente, eles estão mais postados em campo. Nós temos um bando de pessoas correndo dentro de campo. Nós não temos um time.”

“Não temos um time armado, taticamente, sabendo o que vai fazer. Nós não sabemos nada do que tá acontecendo dentro de campo. Só a Alemanha joga. Só tem um time de futebol em campo”, completou ele, visivelmente irritado com o vexatória rendimento do time comandado por Felipão. “É muito triste. Perder é do jogo, isto é futebol, é esporte, é uma Copa do Mundo, mas perder o primeiro tempo dessa maneira, olhando o adversário fazendo um gol atrás do outro, jamais ninguém tinha visto”, também falou forte, o narrador Galvão Bueno, após o término do primeiro tempo patético da Seleção Brasileira, nesta terça, no Mineirão.

No Mineirão

Um torcedor alemão sentiu na pele a agressividade que tomou conta do estádio Mineirão com a goleada da Alemanha sobre o Brasil nesta terça-feira, pela semifinal da Copa do Mundo. Durante um dos gols europeus na goleada por 7 a 1, Eugen Weber levou um soco no ouvido.

A lesão foi grave e ele acabou no centro médico do estádio. Ele perdeu a audição do lado direito imediatamente. Os médicos que fizeram o atendimento não informaram a gravidade da lesão e nem se a perda de audição é permanente.

“Não estou bravo. Mas estou muito triste por não poder ver minha seleção”, disse o alemão. Após os primeiros socorros, o torcedor foi aconselhado a ir até o hospital João XXIII para fazer mais exames.

O caso de Weber ilustra o clima que tomou conta do Mineirão durante a partida. Muitos torcedores foram expulsos do estádio por brigas que eclodiram nas arquibancadas.

Confusão na  Fan Fest com derrota da Seleção Brasileira

Na Fan Fest no centro Recife, depois do terceiro gol da Alemanha, começou uma confusão generalizada. A polícia entrou com cavalaria no meio da multidão e jogou gás lacrimogênio para tentar afastar uma briga. No meio da correira, houve até gente pisoteada. As pessoas ainda seguem um pouco assustadas, alguns estão em pânico, e há muita gente indo embora para casa. A confusão começou ainda antes de o Brasil levar o quarto gol, ainda no primeiro tempo da partida contra a Alemanha, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Ônibus incendiados em São Paulo não sabemos informar se isso aconteceu devido a perca do Brasil na Copa

Ônibus foram incendiados em uma garagem na região da Avenida M’Boi Mirim, na Zona Sul de São Paulo, na noite desta terça-feira (8). Segundo a Polícia Militar, o fogo começou por volta das 19h20.

Bombeiros da Zona Sul receberam chamados para incêndio em ônibus na Rua Manuel Pinto Guedes, na região do Jardim São Luiz. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que os veículos estavam desativados.
O local fica perto da Estrada do M’Boi Mirim e do Terminal Guarapiranga. Não há registro de feridos ou presos. A PM também informou que há relato de incêndio de ônibus na Avenida Yervant Kissajikian, 4.600. O chamado ocorreu por volta das 19h20.
De acordo com a GloboNews, há relatos de incêndios em Osasco e em Guaianases, na Zona Leste. Segundo a PM, há relato de ônibus incendiado por volta das 18h40, na Rua Primavera de Caiena, 780, em Sapopemba.
Ainda segundo a PM, uma loja do grupo Ponto Frio, na esquina da Avenida Mateo Bei, em São Mateus, foi saqueada.

No Rio de Janeiro