Dentro do ‘Jornal Nacional’, William Bonner batiza “moça do tempo” como Maju

Mais descontraído e aparentemente atual, o novo ‘Jornal Nacional’ vem ganhando repercussão pela nova forma de se tratar de seus apresentadores. Tanto William Bonner quanto Renata Vasconcelos mostram-se mais ousados ao dar uma notícia.

Uma das novidades foi a implantação fixa de uma garota do tempo treinada apenas para sua função, que era noticiar a cerca das notícias climáticas envolvendo o Brasil, só que sendo mais informal. Chamando atenção, durante a edição de ontem (13), Bonner aproveitou sua repercussão para brincar.

Maria Júlia Coutinho, primeira garota do tempo negra, foi pedida ontem a autorização de ser chamada de ‘Maju’, apelido simples e carinhoso. “Só para terminar, o que você prefere: Maria Júlia ou Maju, como você se intitula nas redes sociais e o teu público, os seus fãs, ficam pedindo para nós?“, e ao responder de maneira positiva para Maju, o âncora completou “Renata, então, a partir de hoje, Maria Júlia passa a ser Maju“, brincou.

Ela é famosa por seu jeito diferente de noticiar sobre o tempo no jornalismo sério da Globo. (Imagem: Reprodução/Rede Globo)

Ela é famosa por seu jeito diferente de noticiar sobre o tempo no jornalismo sério da Globo.
(Imagem: Reprodução/Rede Globo)