“De Frente Com Gabi” 01/02/15 Kelly Key

Neste domingo Marília Gabriela receberá a cantora Kelly Key, ela fala sobre sua rotina, sua família e seus novos projetos musicais, como a kizomba, ritmo natural de Angola, a terra de seu marido. Kelly comenta ainda sobre o início de sua carreira, sua relação com o ex-marido Latino e sobre sua filha Suzanna.

Foto: Carol Soares/SBT

Foto: Carol Soares/SBT

Confira as melhores frases da entrevista:

• Caminho bem nas redes sociais porque meu público ainda é jovem.
• Não faço aulas de canto. Fiz no início, mas a estrada traz a experiência.
• É um estilo de música que serve para todos os momentos da vida. (sobre a kizomba)
• Tenho a mesma popularidade que aqui (em Angola).
• “Kelly Key” virou um estilo. Essas músicas de duplo sentido, mais alegres, molecas.
• Ele (Mico) me faz muito feliz. É meu melhor amigo e conversamos sobre tudo.
• Com 10 anos de casamento dizem que todo mundo passa por uma crise, mas eu não passei. (sobre Mico Freitas)
• O tempo vai passando e eu vou achando que tudo foi precoce. (sobre filhos, carreira)
• Adoraria ser atriz, mas meu marido não entenderia um par romântico.
• Prefiro o devagar e sempre, porque o excesso de fama me tirou muita liberdade.
• 90% da minha agenda é, hoje, para boates LGBT.
• Canta muito bem e é uma ótima atriz. A Suzanna é muito confundida comigo nas redes sociais, mas ela quer ser médica e eu acho isso ótimo.
• Eu não tinha uma relação segura. Tinha idas e vindas, 17 anos, era muito nova. Nunca falei disso porque não quis. Hoje posso falar porque não me abala. (Sobre o relacionamento com Latino)
• Encontrei uma pessoa que estava disposta a criar a família que sempre sonhei. (sobre Mico Freitas)

Divulgação: SBT