“Datena vive um péssimo momento profissional”, diz Faccioli

faccioli

Foto: Divulgação

Luciano Faccioli citou, na tarde desta sexta-feira (19), a briga entre Milton Neves e José Luiz Datena, ocorrida no fim de agosto durante transmissão de um programa na rádio Bandeirantes. Faccioli criticou Datena afirmando que o apresentador do “Brasil Urgente” vive um péssimo momento profissional e leva um surra diária de Marcelo Rezende.

“Hoje [Datena] não vive um bom momento, lógico que não, toma uma surra diária do Marcelo Rezende no horário, no Cidade Alerta. Duas vezes mais audiência do Marcelo em cima dele. Então ele vive um péssimo momento profissional”, alfinetou Faccioli.

O jornalista ainda defendeu o apresentador do “Terceiro Tempo” ao citar a briga entre ele e Datena na rádio Bandeirantes, no dia 24 de agosto. Na ocasião, o apresentador do “Brasil Urgente” invadiu o estúdio aos berros e xingou o jornalista esportivo, que contava uma história sobre o colega de Band e o ex-jogador Capitão Hidalgo, do Coritiba.

“Datena, para quê ser assim, uma pessoa de dificíííílimo relacionamento? O Milton Neves fez uma citação na rádio Bandeirantes, domingos anteriores, que ele [Datena] morou na mesma pensão do Capitão Hidalgo, que foi jogador, o conheço, em Curitiba. Ele só fez uma citação, porque o Datena era pobre. Datena hoje é um homem vitorioso na profissão com seu próprio mérito”, afirmou o apresentador.

Após o fim do “Primeiro Jornal”, jornalístico no qual apresentava nas manhãs da Band ao lado de Patrícia Maldonado, Luciano Faccioli ficou sem função na emissora. O jornalista permaneceu na ‘geladeira’ até agosto, quando emissora e profissional, enfim, decidiram encerrar o contrato de forma amigável.