Confira os destaques do “Como Será?” (27/05/2015)

Praticar exercícios físicos já está na rotina de um número cada vez maior de brasileiros. Mas quando se fala em “malhar” o cérebro, pouca gente sabe do que se trata. O Como Será? deste sábado, dia 27, mostra que preservar a saúde mental é tão importante quanto manter o corpo em forma. Reportagem de Mariane Salerno apresenta o Método Supera, metodologia desenvolvida em 2006 por Antônio Carlos Guarini Perpétuo como uma forma de ajudar o filho, que apresentava problemas de concentração. O método consiste em estímulos cognitivos alcançados através de ferramentas como: jogos, dinâmicas em grupo e outras atividades desenvolvidas para tirar o cérebro da zona de conforto, sempre de forma lúdica. Para falar da importância de exercitar o cérebro em qualquer idade, Sandra Annenberg recebe no estúdio o neurologista Ivan Okamoto. Quais são os exercícios mais estimulantes? O que acontece no cérebro quando ele é estimulado? É possível prevenir doenças com essa “malhação”?

Na véspera do Dia Internacional do Orgulho Gay, comemorado no domingo, dia 28, o quadro Hoje é dia de… conversa sobre a importância da data com participantes e organizadores da 19ª Parada do Orgulho LGBT, que aconteceu dia 7 de junho, em São Paulo. O apresentador Alexandre Henderson também acompanha um dia na vida do ator Valder Bastos, a drag queen Tchaka – A Rainha das Festas e conversa com os criadores do Põe na Roda, canal de vídeos de humor no youtube onde eles fazem piada da própria orientação sexual. Por fim, Alexandre acompanha o aniversário de casamento de duas mulheres para abordar as regras para a união estável entre pessoas do mesmo sexo.

Na segunda reportagem da série Menos é Mais, a família Bruno dá mais um passo em direção à melhoria de hábitos de consumo. O desafio desta semana é fazer os moradores da casa melhorarem os níveis de desperdício de água e energia. Para ajudá-los, foram convocados uma especialista em eficiência energética, um engenheiro elétrico e um eletricista. Ao final da reportagem será exibido o segundo vídeo enviado pelo público através da rede colaborativa itsNOON. O desafio proposto é responder, de forma criativa, à pergunta “E para você, quando menos é mais?”. A ação faz parte da plataforma ‘Menos é Mais’ de consumo consciente e a chamada fica aberta até agosto.Se na casa da família Bruno o desafio é provocar mudanças nos hábitos, moradores da comunidade do Vidigal dão exemplo de bom comportamento. OExpedições Urbanas conta como eles transformaram um depósito de lixo no Parque Ecológico Sitiê, uma área de lazer e preservação ambiental. O projeto comunitário localizado entre as praias do Leblon e São Conrado realiza atividades de reflorestamento, reciclagem, paisagismo, agricultura urbana e design.

No estúdio, Sandra conversa com o superintendente geral da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Virgílio Viana. Ele fala sobre seu trabalho à frente da instituição, que atua nas comunidades ribeirinhas com os menores índices de desenvolvimento humano no Brasil promovendo melhoria da qualidade de vida dos moradores e incentivando a preservação da mata nativa. Serão apresentados os projetos do núcleo educacional da Fundação, que alavancaram o número de matrículas nas escolas locais em dois anos.

E ainda: o Aluno Nota 11 conta a história dos alunos da escola estadual Miguel Batista, no Recife, que, estimulados pelos professores, documentaram a história do bairro e da fábrica onde funciona a escola em que estudam.

(Foto: Reprodução/Internet)

(Foto: Reprodução/Internet)