Confira os destaques do “Aprovado” deste sábado (02/05)

Uma mistura de barro, água e muito talento. O resultado são peças de decoração que chamam atenção pela beleza e riqueza de detalhes. O Aprovado de sábado, 2, viaja até o distrito de Maragojipinho. Lá a argila é a principal fonte de renda da população, que passa de geração em geração o costume de transformar o barro em verdadeiras obras de arte. A ceramista Hilda Salomão explica que a tradição do barro está na vila há 300 anos e que este é o polo cerâmico mais importante da América Latina.

No programa, você conhece o trabalho desses artesãos e viaja ainda para o sul dos Estados Unidos. Quem faz esse passeio é o historiador Ricardo Carvalho, na série Bahianation. Neste segundo episódio, você vai conhecer a vila de Key West, localizada a apenas 90 milhas de Havana, que servia de principal ponto de vigilância dos EUA; e entender um pouco sobre a histórica tensão entre o país e Cuba.

No quadro Conexão Bahia, você conhece uma cooperativa de beneficiamento do umbu e de frutas do sertão que tem mudado a realidade dos moradores da região semiárida da Bahia. Na cidade de Uauá, no norte do estado, o chamado “ouro verde” é a principal matéria-prima da confecção de doces, compotas e geleias, e é também fonte de inspiração para artistas como Gildemar Sena, que tem uma série de gravuras com imagens das catadeiras de umbu.

O repórter Pablo Vasconcelos visita o Museu Unica – Universo da Criança e do Adolescente, em Camaçari, e conhece mais de 40 experimentos que misturam química, física e eletromagnética; um verdadeiro parque de diversões para quem gosta de ciências. “O objetivo é despertar nos alunos o gosto pelas ciências de forma divertida e interativa”, explica a coordenadora do museu, Jucilene Santos.

(Foto: Reprodução/ TV Bahia)

(Foto: Reprodução/ TV Bahia)