Comitiva de senadores brasileiros é atacada na Venezuela

Uma comitiva de senadores brasileiros desembarcou hoje em Caracas na Venezuela A comitiva estava a caminho do presídio onde tentariam visitar Leopoldo López, preso político do governo venezuelano comandado por Nicolás Maduro. Os manifestantes aproveitaram o trânsito engarrafado para cercar o ônibus em que estava os senadores com os gritos de guerra “Chávez não morreu, se multiplicou” e “Fora, fora”.

 A comitiva brasileira é composta por: Aécio Neves, Caiado, Aloizio Nunes (PSDB), Cássio Cunha Lima (PSDB), José Medeiros (PPS), Agripino Maia (DEM), Ricardo Ferraço (PMDB) e Sérgio Petecão (PSD).

Vale lembrar que a comitiva solicitou a ao ministro da defesa Jaques Wagner (PT) um avião da FAB (Força aérea Brasileira) para que os levasse para a Venezuela, e o ministro liberou o avião só que o governo Venezuelano não autorizou o pouso de uma aeronave de outro país, portanto os senadores foram em um voo comercial pra evitar problemas.

(Foto: Reprodução/Internet)

(Foto: Reprodução/Internet)