Cinegrafista da Band é atacado por cão da Polícia Militar

Durante o protesto de professores que teve 150 feridos nas imediações da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), um cinegrafista da Band foi atacado por um cachorro da raça pit bull enquanto realizada uma matéria.

O cão mordeu a parte interna da perna direita. “Não posso afirmar que o policial jogou o cachorro contra mim”, afirmou. “Mas a gente que trabalha com isso sabe que esses cachorros só atacam quando é dado um comando.”

“Minha perna não saia da boca do pit bull e ele só soltou quando o policial deu o comando”, lembrou. Lembrando que a mordida do cão é considera muito forte, podendo chegar a 200 kg.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)