Chega às livrarias o romance “Incontrolável”

Isabel, conhecida como Lady Pelham, e o Marquês de Gayson Gerard Faulkner são o casal mais escandaloso de Londres. Eles vivem um matrimônio de fachada, apesar de combinarem em quase tudo – no apetite luxuriante e nos casos amorosos. Uma grande farsa, que terá um desfecho totalmente diferente após um acontecimento chocante.
Esse é o plot do romance erótico Incontrolável, escrito por Sylvia Day, lançamento da Editora Universo dos Livros no Brasil. A história de um homem famoso por seus casos amorosos que decide conquistar o coração da própria mulher, num jogo malicioso de tórridas provocações e desejos primitivos.
Sob a luz de enormes candelabros, Isabel Pelham brilhava em meio a uma festa. Apesar de ser amante de seu melhor amigo e mais madura, sua beleza e dotes físicos despertaram o interesse do jovem Marquês Gerard – que decide propor um casamento de fachada a Lady Pelham para pôr fim às cobranças de seus casos amorosos e à perseguição de sua mãe. No início, Isabel recusa a ideia, mas Gerard é persuasivo, e ela finalmente concorda, pois ambos se beneficiariam com tal acordo.
Os dois protagonizam um relacionamento moderno e totalmente aberto. Enquanto ela se entrega a outros homens, Gerard mantém casos sexuais com várias mulheres, entre elas Lady Sinclair, também casada e seu verdadeiro amor. Tudo começa a mudar na vida de Gerard, quando Lady Sinclair engravida, deixando-o em êxtase, mesmo sabendo que não poderá reconhecer ou criar seu filho. Até que ocorre uma tragédia: mãe e criança morrem no parto.
A dor da perda de Lady Sinclair deixa o Marquês atônito, desolado. Sem dar explicação, sem nenhuma palavra, ele decide abandonar Isabel e fugir para o norte de Londres, desaparecendo por quatro anos. Nesse período, a senhora Faulkner continua seus casos amorosos e tenta manter as aparências. Quando retorna, ele não é mais o homem que casou com Isabel. Gerard volta sério e mais irresistível do que nunca, determinado a ganhar o coração de sua esposa.
Aos poucos, as investidas de Gerard deixam Isabel confusa e em constante estado de excitação. Essa atração cresce e, apesar dos problemas, um amor sincero começa a surgir. Será que o casal libertino está apaixonado de verdade? O que acontecerá com esta relação?