Cauã Reymond se pronunciou pela primeira vez sobre traição

Cauã Reymond no Baile da amFar

Depois de ter ocorrido algo que todos os fãs ficaram decepcionados, por conta da separação de Grazzi Massafera e da polêmica de um possível envolvimento com Isis Valverde, Cauã Reymond se pronunciou pela primeira vez sobre traição.

O galã participou da coletiva de imprensa do lançamento da minissérie “Amores Roubados”, na Zona Sul do Rio, e evitou falar sobre a sua separação. No entanto, não teve como fugir do assunto principal: infidelidade, tema central da nova trama.

“Acho que todo mundo já foi traído. Uma vez terminaram comigo e no dia seguinte vi minha namorada de mãos dadas com outro. Tinha uns 18 anos. Já tive relações nas quais não traí e outras em que traí. Nunca peguei nenhuma traição, mas com certeza fui traído”, contou o astro que esteve no Emmy Internacional este ano.

“Acho que todo mundo já foi traído”

Quando perguntado se perdoaria uma possível traição, Cauã se esquivou. “Acho que todo mundo já foi traído, mas uma coisa é você pegar, né? É diferente. Essa minha namorada terminou comigo e no dia seguinte estava com outro. No dia seguinte foi brabo, né? Foi estranho”, lembra o artista que, junto com Neymar, já vestiu a nova camisa da Seleção Brasileira.

Para o fim do ano, o gatão se esquivou ao responder com que iria festejar a passagem de ano. “O fim de ano está distante para mim. Sei que amanhã vou estar em um cenário em que vou atirar muito”, afirmou ele, que se prepara para dar vida a um policial em “O Caçador”, série da Globo que tem início das gravações prevista para janeiro de 2014.

Cauã também falou de seu relacionamento com sua filha, Sofia. “Papai foi a primeira coisa que ela falou. Não achei que merecia tanto. Mãe sempre merece mais”, analisou o bonitão que em nenhum momento citou o nome de Grazi. “Estou a maior ‘pãe’: troco fralda, levo para a natação, levo para passear… O mais difícil é dar de comer. Mas eu estou pegando a manha agora”, contou