Canção Nova desativa transmissor analógico no Rio de Janeiro

Emissora de televisão comunitária e que “sobrevive” a partir de doações, estas que nem sempre existem de uma maneira só assim como as TV’s comerciais funcionam, apenas em torno de dinheiro, eles existem a partir da ajuda.

Com a intenção de evangelizar, essa atitude não causa estranheza e até repercutiu. Há alguns dias, telespectadores cariocas, mais especificamente da região do Sumaré, não conseguem mais sintonizar o canal da Canção Nova. Logo, foram em busca de uma resposta e encontraram.

Mostrando que não se preocupam tanto com a audiência, eles estão a partir de agora, de forma temporária, com seu sinal analógico desativado. O propósito é reduzir um pouco o peso das contas de energia, e assim investir em uma nova tecnologia, o sinal digital que está sendo implantado na região e nas próximas semanas entra no ar.

Canção nova em crise

Agora a ordem é cortar gastos porque a fartura não está pra todo mundo.
(Imagem: Divulgação/CN)