“Câmera Record” (12/11/14): Os segredos da Indonésia

Logo após "A Fazenda"

Logo após “A Fazenda”

O “Câmera Record” de hoje, irá fazer uma expedição em um dos países mais isolados do planeta, a Indonésia. Os repórteres da atração percorreram mais de 17 mil quilômetros para desvendar os mistérios de uma cultura exótica.

Num país em que 80% da população é muçulmana, quem são e como vivem as wuarias, nome com que os locais chamam os travestis? A equipe invadiu o território em que eles moram em situação de extrema miséria e mostra que muitos se prostituem para ter o que comer.

Entre eles, encontramos o homem que passou metade da vida vestido de mulher e que diz ter trabalhado como babá do presidente dos EUA, Barack Obama.

Em Surabaya, a segunda maior cidade do país, está o zoológico da morte, denunciado por entidades ambientais como o pior do planeta por causa dos maus tratos com os animais. Com câmeras escondidas, o programa flagrou bichos feridos e jaulas imundas. Em apenas três meses, mais de quarenta bichos morreram no lugar.

A expedição também navegou por entre as toneladas de lixo no rio Citarum, o mais poluído do mundo. O rio recebe dejetos de dezenas de fábricas da região e a água tóxica provoca doenças de pele e faz a população fugir do local. Os segredos da Indonésia.

Divulgação: Rede Record