Cache para Fátima Bernardes fazer propaganda foi milionário cerca de 5 milhões

Fátima Bernardes estrelou seu primeiro comercial na última semana. De acordo com o jornal Extra, a negociação demorou quase um ano e envolveu até a direção da TV Globo, já que a jornalista não tem empresários e é o departamento comercial da emissora que avalia as propostas para contratá-la.

A apresentadora do Encontro deve ganhar R$ 5 milhões por mês enquanto a campanha estiver no ar. O cachê é maior que o de Ana Maria Braga, que cobra R$ 1 milhão, e Tony Ramos, que leva R$ 3 milhões para ser garoto-propaganda da Friboi.