Biografia do cantor Daniel causa polêmica com revelações.

daniel_0891

O cantor Daniel admitiu traição e caso com Susana Alves, a Tiazinha em livro sobre sua vida.

De acordo com o jornal Extra, segundo o autor da biografia “Daniel: minha estrada”, que tem lançamento na Saraiva do shopping Rio Sul nesta quarta, o sertanejo assume já ter traído e revela que viveu sua fase pegador.

“Foi logo depois da morte do João Paulo. Ele saía com muitas mulheres e relata, inclusive, que chegou a pegar três na mesma noite”, conta Tom Cardoso, que escreveu o livro a partir do depoimento do cantor e diz ter se surpreendido com essa faceta: “Como ele sempre foi muito reservado, surgiram boatos sobre a suposta homossexualidade. Mas Daniel foi mais galinha do que eu imaginava”.

Cardoso diz que temas controversos como esse não foram proibidos. “Ele falou abertamente sobre o assunto. Não houve nenhuma indicação para que o tema fosse evitado”, conta. Foi tocando nesse assunto que o autor do livro, aliás, confirmou o boato de que o cantor teria vivido um affair com Suzana Alves, na época em que ela ainda encarnava a personagem Tiazinha no “H”, da Band.

“Havia esse rumor, mas ele nunca tinha falado sobre isso. Até pediu que a gente procurasse a Suzana para autorizar a citação”, diz. A atriz, no entanto, não foi consultada: “Julgamos que não seria necessário. Ela era solteira na época, o comprometido era ele”, entrega.