Beatriz Bertu, o neném de ‘Bebê a bordo’, se dedica ao teatro e fala da vontade de voltar à TV

Entre junho de  1988 e fevereiro de 1989, o público que acompanhou a novela “Bebê a bordo”, transmitida no horário das 19h, conheceu e se encantou por Beatriz Bertu, a Heleninha da trama de Carlos Lombardi. Quando começaram as gravações, ela tinha aproximadamente 10 meses de vida.

Apesar da atriz Beatriz não se lembrar de nada daquela época, a experiência em frente às câmeras não parou ali. Hoje, com 27 anos, Beatriz Bertu é formada em teatro, participou da websérie “A lei de Murphy”, no ‘Gshow’, e acaba de reestrear a peça “Para os que estão em casa”, no Espaço Cultural Sérgio Porto.

– “É uma comédia na qual seis amigos se comunicam muito através do telefone e da internet, mas não conseguem se encontrar pessoalmente. Minha personagem é uma mulher que procura um desses amigos. Ela fez uma inseminação artificial, descobre que ele é o pai e vai atrás dele”.

A atriz Beatriz Bertu diz que já foi abordada na rua alguma vezes por pessoas que afirmavam conhecê-la de algum lugar. Ela, aliás, está orgulhosa de fazer parte do álbum de figurinhas sobre os 50 anos da TV Globo, que conta a trajetória das novelas da emissora.

– “Todos os dias, eu recebo fotos das pessoas que tiraram a minha figurinha. Em qualquer veículo que eu for trabalhar, estarei feliz. Mas sei que são realizações diferentes. Quando eu fiz a novela, era muito pequena. Gostaria de viver essa experiência novamente”.

Beatriz Bertu

Beatriz Bertu