BBB14: Angela diz a Marcelo que não quer namorar e propõe uma ‘amizade colorida’

Angela e Marcelo continuam conversando sozinhos no Oásis e o papo vira uma ‘DR’ entre o casal. Ela diz: “O que eu queria te dizer é que adorei ficar você. Adorei ficar com você na festa. Adorei o beijo. Foi a festa que mais me diverti”, declara. “Na real, o que eu queria é ficar quando der vontade.. Uma coisa meio Clarinha e Vanessa.

“Não quero ter uma obrigação. Nao quero ter que virar um casal. Ter que dormir com você, acordar com você… Sou uma pessoa, que no começo de uma relação, não vou logo de cara”, confessa. O brother apenas ouve e Angela continua se explicando: “Aqui a gente não tem muito esse espaço. Aqui, se ficar com uma pessoa já está casado porque tem que dormir e acordar junto; como a Fran e o Diego ou Roni e Poli “, fala.

A sister se justifica: “Era isso que eu queria te falar. Já falei pra tanta gente que se eu ficasse com alguém aqui, queria que fosse uma coisa mais desencanada. Não quero ter a obrigação de ficar como todos os casais que ficam aqui”, conta. Marcelo concorda: “Todo mundo tem sua liberdade de fazer o que quiser dentro da casa”. Ele continua: “Fica tranquila… Eu não me preocupo com nada porque sei, mais ou menos, como sua roda gira”, conta.

Angela confessa ao administrador: “Nao sei se você concorda, mas eu prefiro mais uma amizade colorida, de dois amigos que se gostam e ficam; do que ter que ficar fazendo tudo junto”, propõe. Marcelo responde: “Eu ia te falar isso. Cada um tem que fazer o que tiver vontade, até porque tem outras coisas envolvidas”, afirma. Ela finaliza o papo e diz que não está desesperada para formar casal: “Se eu tivesse essa preocupação, já teria ficado com você antes até de você ficar com a Letícia”. A sister resume: “Eu não quero ter essa obrigação, não quero resumir o Big Brother a isso”. “Tudo bem”, diz Marcelo. “Ainda bem que você entendeu”, responde a sister.

Marcelo concorda: “É bom ter essa conversa porque consigo lidar melhor com a situação. Sei até onde devo ir, e onde não devo. Vamos fazer assim… Quando for para acontecer…”, desabafa.