BBB 15: Amanda nasceu no elevador da maternidade

Se a nova integrante do BBB for rápido quanto foi ao nasceu, o prêmio do BBB tem grandes chances de ser dela, tudo isso acontece pelo seu nascimento ter sido um pouco diferente do comum. A sister do BBB15 Amanda se sente diferente desde o nascimento: “Dei um pouco de trabalho para nascer. Já vim apressada e exibida”. A paulistana queria chegar logo ao mundo e tratou de dar um susto na mãe. “A Amanda estava prevista para nascer mais tarde. Eu já tinha tido dois filhos de parto normal. Acordei toda disposta, lavei cortina, arrumei casa e comecei a sentir uma dor esquisita. Tinha marcado cabeleireiro e quando estava fazendo unha e cabelo a bolsa estourou”, conta Regina Batista, mãe da sister.
E imagina a loucura que foi, um corre-corre danado: “Liguei para o meu marido e fomos para o hospital. Chegamos apressados e não deu tempo nem de sair do elevador, pois ela nasceu por lá. Não teve outo jeito”, diz Dona Regina. Amanda se diverte com o ocorrido: “Estava meu pai e minha mãe. O médico chegou depois só para dar um alô”.

Segundo Dona Regina, a avó da paulistana tem outra versão para o fato: “Minha mãe acha que a mudança da Lua influenciou. Ela acredita nessas coisas”.

Amanda e a mãe são muito amigas e o momento mais difícil que a sister passou na vida foi o falecimento do pai, Jacob Djehdian. Os pais se conheceram na loja dele e Dona Regina foi trabalhar lá. Casaram em menos de um ano; ele tinha 33 anos e ela 16.amandatratada