Após o fim do BBB os brothers contaram oque mudou em sua vida

Há exatamente um mês do fim do BBB, no último 7 de abril, Marcado por polêmicas, amassos debaixo do edredom e um triângulo amoroso que até hoje dá o que falar esse último BBB mexeu com a vida dos participantes. A EGO conversou com alguns dos participantes e vejam oque eles falaram:

Angélica Ramos: “Minha vida está uma loucura (risos). Estou adorando tudo. Estou focando no teatro, comparecendo a alguns eventos como presença vip, aproveitando essa popularidade… Caminhando para alcançar um nível de superação. O “BBB” transformou tudo. Você acaba saindo do anonimato para se tornar uma pessoa pública e isso é ótimo. Lógico que tem a parte que não é tão boa, mas serve como aprendizado pra que a gente consiga lidar melhor com as pessoas e ver do que as pessoas são capazes, tanto para o bem quanto para o mal. O programa me abriu muitas portas e a intenção é sempre entrar por elas com o pé direito e permanecer lá dentro. Os trabalhos estão pintando!”

Amanda Djedian: “A minha vida está maravilhosa! Desde que o programa acabou só tenho recebido amor e muito carinho dos meus fãs, da minha familia e dos meus amigos queridos! Atualmente tenha estudado algumas propostas de trabalho e preparando muitas novidades. O “BBB” me tornou publicamente conhecida, mas não mudou o meu jeito nem minha forma de pensar! Entrei na casa sendo eu mesma em todas as ocasiões e sai ainda mais confiante de que devemos seguir nossos instintos e não nos arrependermos do que fazemos. Estou conseguindo ganhar com essa fama, mas prefiro não falar valores.”

Francieli Medeiros: “O intuito de participar do “BBB” sempre foi de ganhar o prêmio em dinheiro, não fama. Continuo intimista, no entanto, pelo respeito que tenho com os que não me julgaram e foram extremamente carinhosos, tenho postado algumas coisas nas minhas redes sociais. Só faço as presenças que eu quero.”

Fernando Medeiros: “Minha vida continua a mesma. Eu ando pela rua principal do meu bairro (ele mora no Méier, na Zona Norte do Rio)tranquilamente. Não vou parar de fazer o que gosto ou mudar meu jeito só porque mais pessoas me conhecem agora. Receber carinho, principalmente de crianças, é muito gostoso! Mas eu não quero ser famoso, ir para qualquer evento… Só quero dar voz aos meus projetos, às causas que eu acredito. Minha energia está todo nisso. Não ganho um real com a maioria dos eventos e projetos que estou divulgando, mas ganho muito mais do que alguém que vai fazer uma presença vip. Em breve, vou lançar um projeto com o Leandrinho, que é meu amigo há muitos anos. Queremos montar escolas de basquete três contra três – que é jogado com três pessoas e só uma cesta – e divulgar o esporte aqui no Brasil. O “BBB”, para mim, foi um divisor de águas. Eu adquiri mais maturidade nesses três meses do que nos meus mais de 30 anos. Hoje sou menos ansioso, aceito mais as coisas, penso mais antes de fazer algo. É uma nova fase para a pessoa Fernando Medeiros. Eu me entendo melhor.”

Julia Nunes: “Minha vida está uma correria! Do jeito que eu gosto. Dei continuidade à minha empresa, minha marca de roupas. A demanda está bem maior agora, com várias oportunidades novas aparecendo no mercado. Estou trabalhando muito para conseguir aproveitar todas. Também faço trabalhos por fora – campanhas, presenças, catálogos… Acabo viajando a semana quase toda, estou vivendo em ponte aérea. Mas estou realizando tudo que pretendia, principalmente no meu ramo mesmo, dentro do meu negócio. O que mais mudou foi a exposição, apesar de eu já ter uma visibilidade grande em rede social antes de entrar na casa. O “BBB” aumentou demais isso. Estou conseguindo ganhar bem, trabalhando muito.”

Marco Marcon: “Voltei à minha vida acadêmica no mestrado da PUC-PR, nas pastorais na Igreja Católica e estou fazendo a promoção do meu livro “Espiritualidade do dia a dia” e movimentando minhas mídias sociais. Devo lançar um segundo livro em julho e estou com outros projetos a médio e longo prazo. Em essência, o “BBB” não mudou nada para mim, pois meu projeto de vida na teologia estava claro. Mas sem dúvida mudou em relação à projeção de tudo que eu produzo e falo. Minha vida financeira era estável antes do programa e continua. Só que, com a fama, atualmente sou mais requisitado. Às vezes cobro cachê, outras vezes não, principalmente em ações dentro da Igreja católica. Ganho até R$ 5 mil para palestras e cursos de várias horas,  depende do que o interessado quer.”

Mariza Moreira: “Estou tirando muitas e muitas fotos com os fãs e curtindo estar junto da minha família e amigos. Acho que o “BBB” mudou a maneira como as pessoas me enxergam. É curioso, porque eu me sinto a mesma, apenas com mais uma experiência vivida, mas para as pessoas eu sou uma celebridade, mesmo que instantânea e passageira (risos). Onde vou sou reconhecida e abordada e recebo muitos elogios pela minha conduta no programa, por minha inteligência e bondade. Dizem que morreram de rir comigo! Nem sei se sou merecedora de tantos adjetivos bons! As pessoas sentem como se me conhecessem profudamente e se sentem íntimas. Faço algumas permutas e presenças em eventos, mas muito poucas. Não corro atrás disso e só vou a lugares onde gosto de estar ou que, de certa forma, admiro. Não quero virar uma ex-BBB profissional. Fama nunca me interessou! Agora estou começando a trabalhar numa exposição que se chamará ‘A imagem da pessoa e a pessoa da imagem’, onde busco refletir sobre a construção da imagem pessoal e em como ela se projeta e é recebida pelos outros. Serão pinturas em acrílica sobre tela retratando personalidades, ícones nas artes, cinema, religião, filosofia, música e etc, que são referências na contemporaneidade e para mim. O Adrilles adorou a ideia e já manifestou interesse em escrever o texto curatorial.”

Tamires Peloso: “Graças a Deus a vida está mais calma do que quando saí da casa. Estou conseguindo fazer trabalhos e conciliar bem com a minha vida pessoal. O ‘BBB’ me fez ter um apego muito maior com minha família, hoje valorizo muito mais cada minuto em casa. Tmbém adoro ser reconhecida pelas pessoas na rua. Estou ganhando mais dinheiro do que com a odontologia…  Estou aproveitando esse momento pós-BBB fazendo divulgações e eventos, mas quando isso passar, volto para a minha profissão que amo.”

bbb15

BBB 2015