Andressa Urach revela que toma calmante para impulso pela fama

Andressa Urach concedeu entrevista à revista ‘Istoé’ que vai às bancas neste sábado, 24,  e falou sobre a busca incessante pela fama.

A apresentadora, que ainda está se recuperando dos problemas enfrentados pelo hidrogel, revelou que o desejo em aparecer na mídia às vezes é incontrolável e que está sofrendo, como se estivesse se recuperando de uma droga:

“Ser famosa quase me matou. Consegui fama em seis anos, mas sucesso pode levar 20, 30 anos, e não vem apenas de um corpo bonito. Depende também de oportunidade, estudos. Hoje, essa doença tenta ainda ocupar minha mente. É como se eu estivesse me recuperando de uma droga, por isso estou sendo acompanhada por psicólogo. Tive de me afastar das redes sociais. Ver todo mundo se preparar para o Carnaval e eu não estar à frente de uma bateria, como no ano passado, é muito difícil. Tomo calmantes para segurar esse meu impulso pela fama, pela vaidade”.

Em outro momento da entrevista, a loira falou sobre sua intenção de se tornar a substituta de Hebe Camargo, falecida apresentadora em 2012: “Agora estou numa segunda fase da carreira, na qual não preciso só da minha bunda, mas sim da minha cabeça, do cérebro. Vou ser, sim, a futura Hebe Camargo. Pernas, cortes ou cicatrizes não irão fazer diferença nesse meu novo trabalho”.

(Foto:Reprodução)

(Foto:Reprodução)