Anderson Silva é pego em exame antidoping

O Ultimate Fighter Championship (UFC) emitiu, em sua página oficial, uma nota na noite desta terça-feira (3) anunciando que o brasileiro Anderson Silva foi flagrado no exame preliminar antidoping.

O teste, realizado no dia 9 para a luta do último sábado (31), deu positivo para o esteroide anabolizante Drostanolona. Se o resultado for confirmado, o lutador receberá uma suspensão de nove meses.

Seu oponente na luta, Nick Diaz, também foi pego no exame de doping da luta, por uso de metabólicos que são relacionados à maconha. É a terceira vez que ele é pego pelo mesmo motivo e sua suspensão será de dois anos. O atleta testou positivo para uso de anabolizantes.

Ainda não foi divulgado se a luta será cancelada.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 Confira a nota na íntegra:

“Em 03 de fevereiro de 2015, a organização do UFC foi notificada pela Comissão Atlética de Nevada que Anderson Silva testou positivo para Drostanolona no teste para sua luta, realizado no dia 09 de janeiro. O UFC compreende que mais testes serão conduzidos pela Comissão para confirmar estes resultados preliminares.

Anderson Silva tem sido um excelente campeão e um verdadeiro Embaixador do esporte das artes marciais mistas e do UFC. O UFC está desapontado por saber destes resultados iniciais.

O UFC tem uma rígida e consistente política contra o uso de qualquer droga ilegal, de alteração de desempenho ou agentes mascarantes, por parte de seus atletas.