Ana Maria Braga relembra momento de fúria contra a Globo

Com o momento em que a Globo chega aos seus 50 anos, a apresentadora e culinarista do ‘Mais Você’, aproveitou a situação para relembrar alguns fatos marcantes de sua carreira na emissora, onde alguns deles foi polêmicos.

Pela primeira vez Ana Maria Braga chegou a dar uma declaração, quase 16 anos após ela ter se revoltado a uma possível “censura” que o canal em que ela estava recém-chegada estaria impondo a ela e, no ar, ela teria tirado o ponto eletrônico e falado um texto de ódio sendo um dos momentos mais tensos. Em poucas palavras, ela disse dentro do ‘Mais Você’: “Deixem eu trabalhar e fazer do jeito que eu sei“, num desabafo feito ao vivo.

Estava quase chorando. Queria ir embora. Há que ser rebelde. Quando você se propõe a trocar de vida, eu já não era uma menina, a escola dos meus filhos dependiam de mim, e eu estava colocando em risco o meu momento profissional. Não queria fazer errado. Queria muito fazer o certo, o melhor para a empresa e para mim, mas principalmente do jeito que as pessoas me conheciam. Se eu me furtasse a isso, eu tenho certeza que não estaria aqui hoje“, declarou Ana a Angélica dentro do programa ‘Estrelas’ em um depoimento revelador e emocionante.

Ela não tem memória curta e relembra o acontecido. (Imagem: Divulgação/Globo)

Ela não tem memória curta e relembra o acontecido.
(Imagem: Divulgação/Globo)