“Alto Astral” terminará como uma lição de moral para a Globo

A novela “Alto Astral” que estreou ano passado tinha uma missão muito difícil que era retomar o crescimento da audiência no horário das sete na Globo, horário esse que vinha em um declínio profundo e que só piorou com tramas sem nexo algum, como foi o caso das problemáticas: “Além do Horizonte” e “Geração Brasil” que levou a Globo a bater seu recorde negativo em audiência.

De fato é que “Alto Astral” não foi aquele novelão ao ponto de parar o Brasil ou de atrair grandes fãs assim como foi o caso de “Cheias de Charme”, “Caras e Bocas”, “Pé na Jaca” e outras que marcaram uma época, mas é inegável que “Alto Astral” pode se consolidar como uma trama que foi aprovada pela família brasileira por justamente não ter tantas polêmicas em seu enredo, “Alto Astral” mostrou a Globo que o público que acompanha a emissora sempre esteve presente avaliando o que interessa e aquilo que não chamava atenção, simplesmente era descartado. Uma trama leve com drama pessoais, amor, espiritismo sem tomar partido ou ofender qualquer religião, superação de preconceitos dentre outras coisas.

Posso afirmar que desde “Sangue Bom”, “Alto Astral” é a melhor trama das sete e isso se reflete nos números de audiência da emissora que voltaram a crescer, o que mostra que o público aprovou a novela. “Alto astral” vai entregar a novela com mais audiência do que encontrou, eu realmente espero que com isso a Globo acabe com as suas inovações retardadas e converse com o público do jeito que sempre conversou. Cabe agora a novela “I Love Paraisópolis” dar continuidade ao crescimento da Globo no horário.

(Foto: Reprodução/ Tv Globo)

(Foto: Reprodução/ TV Globo)