A caminho da liderança: Nos cálculos da Record esse ano ela seria líder

A Record fez investimentos milionários na sua grade de atrações, tudo isso para chegar em 2014 líder com o slogan A caminho da Liderança ela viu o tempo passar e chegar 2014 com o vencimento do prazo de validade de uma meta estabelecida há dez anos: alcançar a liderança em audiência.

Em 2004, ao lançar a sua nova programação, a emissora não poupou esforços nem dinheiro para contratar artistas e investir em dramaturgia.

Na época, o diretor comercial da rede, Walter Zagari, anunciou que, em dez anos, a Record ultrapassaria a Globo em ibope. Foi assim que nasceu o slogan: “A Caminho da Liderança”, hoje enterrado na emissora, pois a liderança não veio.

Uma década depois, o cenário mostra que Globo e SBT perderam público. Mas a Record não cresceu como esperava. Em 2004, a média diária da Globo (das 7h à meia-noite) era de 21,7 pontos em São Paulo. O SBT tinha a vice-liderança, com 8,4 pontos, e a Record registrava 4,2 pontos. Cada ponto equivale a 65 mil domicílios na Grande SP.

Em 2014, os números parciais, dos primeiros meses do ano, trazem a Globo com média diária de 13,8 pontos, uma perda de 35% de público. A Record registra 6 pontos, e o SBT, 5.

Mas, apesar do crescimento da Record, a rede ainda está distante da liderança e sente saudades de 2008, quando chegou a ter médias na casa dos 8 pontos