A Bebel de “A Grande Família” diz que sempre vai se emocionar quando falar da despedida da série

Guta Stresser, a Bebel de “A Grande Família” disse que vai ficar sempre emocionada quando fala sobre a despedida de Bebel, sua personagem de estreia na televisão e que interpreta há 14 anos em “A Grande Família” (Globo).  “Vai passando um filme na minha cabeça. Sou uma manteiga derretida e vou passar o ano inteiro chorando”,

A atriz se diz agradecida pelas oportunidades que a personagem trouxe para sua vida e lembrou de seu início no seriado, quando estava com 28 anos e não tinha experiência em televisão.  “É como perder um ente querido. A gente passou pela perda do Rogério Cardoso [morto em 2003], por aquele desentendimento entre eu e o Pedro Cardoso [que vive o Agostinho], que todo mundo comentou, mas nenhum drama que a gente viveu nesse grupo abalou a imensa alegria que a gente teve ao viver esses personagens”, avaliou.  “Tem esse amor que nos une e passa por discordâncias, mau humor, e só ficam as coisas boas.”

A atriz ainda não tem projetos para após o fim de “A Grande Família”, programado para setembro, mas não exclui a possibilidade de atuar em uma novela ou, como é de sua preferência, em outro seriado.  “Estou aberta a novas oportunidades. A gente fica com medo de não encontrar um grupo legal, mas torço para que eu e meus colegas encontremos um grupo tão receptivo quanto esse que a gente encontrou aqui”, disse Guta Stresser.